minha nova obsessão

segunda de manhã eu estava perdendo tempo no tumblr e vi um gifset da atriz Zoe Saldaña falando umas coisas interessantes e fui atrás da entrevista inteira. acontece que a entrevista faz parte de uma série feita pela atriz/modelo/fotógrafa/mulher maravilhosa/minha nova diva Amanda de Cadenet.  a série tem oito episódios com várias entrevistas realmente fantásticas e íntimas que discutem questões femininas sem cair em discussões bobinhas sobre corpo/beleza e também sem cair no feminismo “didático”.

é muito legal ver que absolutamente todas as mulheres entrevistadas – uma lista fabulosa que passa por Diane Von Furstenberg, Ariana Huffington, Jane Fonda, Gwyneth Paltrow, Miley Cyrus e Lady Gaga – têm algo importante a dizer sobre as próprias experiências e como tudo pode ser aplicado na vida de qualquer mulher. acho que o bacana é que não importa que são famosas – são mulheres antes de tudo, que sofrem dilemas parecidos com os que qualquer mulher sofre, e que compartilham o caminho que encontraram (ou que ainda procuram) para lidar com os perrengues da vida.

quase todas as conversas falam profundamente sobre um assunto específico na vida das entrevistadas – e é sempre algo que qualquer mulher pode se relacionar, mesmo sem ter tido a experiência – a Eva Longoria fala abertamente sobre a traição que acabou com seu casamento e como não, a culpa não é da mulher, a Eva Mendes fala sobre a importância de garantir a própria segurança financeira, a Gabourey Sidibe fala sobre a auto imagem e a importância de se conhecer e se amar de qualquer forma, a Jane Fonda fala sobre a importância de não depender de um homem para se definir…

são mulheres muito diferentes falando de assuntos muito diferentes, mas em todos os episódios eu senti que a conversa era comigo – mulheres inteligentes, fortes, engraçadas e incríveis dando conselhos e falando que sim, é normal não se sentir feliz às vezes, que é normal se sentir insatisfeita com o corpo, que é normal não ser feliz o tempo todo. a única coisa que todas concordam é que o importante é se aceitar e aprender a se amar. e eu juro que assistindo essa série toda, isso parece ser muito mais fácil : )

ps: eu sei que é importante não deixar um homem te definir e tal, mas acho relevante mencionar que a Amanda é casada com o Nick Valensi, guitarrista do Strokes, e ela posta fotos assim no Instagram.

Anúncios

Um pensamento sobre “minha nova obsessão

  1. Pingback: sobre ser diferente das outras | A fabulosa casa turquesa e dourada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s