Ou a moda ficou uma bosta ou eu fiquei fresca

Em 2008, com o ~boom dos blogues, virei uma dessas que gasta até o baço em roupa e maquiagem que não precisa. Sério, com o tanto que eu gastei nas porcarias da C&A nessa época dava pra comprar uma pequena ilha no Índico. Mas virou tudo roupa que pega bolinha mesmo.

Mas parece que nessa época era mais fácil comprar. Primeiro porque era bem mais barato. Existia uma arara na Renner em que tudo era R$ 9,90 e eu sempre conseguia comprar umas 3 blusinhas com 30 dinheiros. Hoje com 30 dinheiros não se compra nada. Essa arara até existe, mas tem umas roupas horrorosas – tô nem falando de qualidade, só de bom senso e mínimo de beleza mesmo. Faz tempo que eu não passo o cartão por uma peça de menos de 50 realidades, essa é a verdade.

Eu vejo que a questão nem é só o preço, é a falta de tesão em comprar também. Sei lá, antes qualquer coisa que entrava na moda me dava vontade. Cheguei a comprar esses conceitos exóticos como, sei lá, bota peep toe (que esquenta o pé mas necrosa no frio o dedão) achando tudo sensacional. Até meia-calça pink pra ir pro trabalho fantasiada de Cindy Lauper eu tive. Tá, pode ser que o problema fosse/seja eu.

O caso é que hoje nem me lembro como era esse tesão de roupa nova. Eu saio de casa e vou no shopping, entro nas lojas da C&A a Farm e não sinto vontade de comprar nada, nada, nada. Ou é a cor, ou é o material, ou é a modelagem que me incomoda. Nada parece o que eu queria. E, quando parece que quase pode ser que role se olhando de longe, a etiqueta mostra um preço que eu só pagaria se fosse realmente perfeito.

Então eu acho que ou a moda ficou uma bosta ou eu virei uma fresca. Ou, sei lá, é maturidade. Dizem que às vezes ela chega, vai que é isso. No entanto, meu Pinterest segue carregado de fotos de coisas que eu queria vestir, que eu fantasio usar e parecem fáceis de encontrar mas não são:

maxicardiga

Como esse maxi cardigã de rica. Uma vez comprei um na Zara e ele desfiou antes de eu chegar na porta da loja. Uma ótima metáfora para minha vida.

Mas, segundo a Emma Stone o Pinterest é pra isso mesmo e também pra reunir as vergonhas da vida:

tumblr_n4rjlkUYh21qhub34o1_r1_500[1]

Outra coisa que pode estar acontecendo é eu estar deprimida e querendo descontar em comprar roupas de novo igual nessa época, mas também estar odiando tudo e não comprando porque tenho um pouco mais de responsabilidade. O que, vamos admitir, parece bem mais lógico.

Vamos ficar ligadinhas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s